Formula 1

Estatísticas de Itália: Hamilton é o primeiro a vencer de forma consecutiva

Depois de ultrapassar o recorde de Michael Schumacher para se tornar o piloto com mais poles da história, Lewis Hamilton venceu a sua sexta corrida em 2017 e foi o primeiro a triunfar de forma consecutiva.

O britânico ganhou três das últimas quatro corridas em Itália. No total, tem quatro vitórias em Monza e está a uma de igualar o registo de Michael Schumacher.

Hamilton venceu com uma velocidade média de 243.6 km/h, o quinto registo mais rápido de sempre. O Grande Prémio de Itália marcou a corrida mais rápida na Fórmula 1 desde 2006, quando Schumacher venceu com uma média de 245.8 km/h em Monza.

Com a vitória número 59, Hamilton está pela primeira vez na liderença do campeonato em 2017. A última vez que o britânico esteve no topo do campeonato foi precisamente após este Grande Prémio em 2016, quando partiu para Singapura com uma vantagem de dois pontos para Rosberg.

Valtteri Bottas terminou em segundo e assegurou a terceira dobradinha da temporada para a Mercedes. O finlandês somou o seu 18º pódio e já ultrapassou o registo de Keke Rosberg, campeão de 1982. Kimi Raikkonen (82) e Mika Hakkinen (51) são os únicos finlandeses que têm mais.

Sebastian Vettel não venceu diante dos Tifosi mas mantém-se como o piloto com mais pódios em 2017, conseguindo o seu décimo em Monza.

Daniel Ricciardo esteve perto de roubar o pódio a Vettel mas teve de se contentar com a quarta posição, o que representou um ganho de 12 lugares. O australiano realizou a volta mais rápida pela primeira vez em 2017 e foi considerado o piloto do dia pela segunda vez.

O sexto lugar de Ocon significa que o francês mantém a sua incrível sequência, pontuando em 12 das 13 primeiras corridas. Sergio Perez foi nono e garantiu que a Force India colocasse ambos os carros nos pontos pela décima vez.

A Williams também pontuou com ambos os carros, mas foi apenas a segunda vez que tal aconteceu em 2017.

Arrancando para a 13ª corrida da 13ª posição com o Red Bull RB13, Max Verstappen sofreu um furo depois de uma colisão com Felipe Massa. Ainda assim, o holandês terminou em décimo e completou uma corrida pela sétima vez em 2017.

Verstappen continua a ser o piloto com menos voltas realizadas em 2017 – 457 – mas ganhou terreno a Fernando Alonso e Jolyon Palmer, que abandonaram em Monza.

Stoffel Vandoorne também abandonou, o que significa que em quatro das 13 primeiras corridas a McLaren não terminou com qualquer carro.

Clique para comentar

Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Últimas Notícias

Fundado em 2012, o F1PT surgiu com a missão de levar toda a informação sobre o mundo da Formula 1 aos portugueses e países de língua portuguesa.

Com o objetivo de sermos líderes na cobertura do pináculo do desporto motorizado, comprometemos-nos a apresentar o máximo de conteúdo disponível nunca sacrificando a qualidade do mesmo.

Disclaimer

F1PT is not affiliated with Formula 1, Formula One Management, Formula One Administration, Formula One Licensing BV, Formula One World Championship Ltd or any other organisation or entity associated with the official Formula One governing organisations or their shareholders.

Copyrighted material used under Fair Use/Fair Comment.

Facebook

Copyright © 2017 F1PT.

Topo
Download Premium Magento Themes Free | download premium wordpress themes free | giay nam dep | giay luoi nam | giay nam cong so | giay cao got nu | giay the thao nu