Fórmula 1

Estatísticas de França: Mercedes soma 50ª dobradinha e aproxima-se dos recordes da McLaren

Lewis Hamilton dominou em França para conquistar a sua sexta vitória nas últimas sete corridas. O 79º triunfo da carreira do britânico foi o 49º a partir da pole position, numa corrida em que pontuou pela 200ª vez na Fórmula 1.

O segundo lugar de Valtteri Bottas representou o 20º top 5 consecutivo para o finlandês. Depois de um promissor início de temporada, Bottas nunca esteve à frente de Hamilton em pista nas últimas quatro corridas.

O domínio da Mercedes em Paul Ricard traduziu-se na 50ª dobradinha da equipa na Fórmula 1.

Os flechas de prata alcançaram ainda a 10ª vitória consecutiva, igualando a sua melhor sequência e ficando a apenas um triunfo do recorde de 11 vitórias estabelecido pela McLaren em 1988.

Sebastian Vettel impediu Hamilton de chegar ao sexto Grand Slam da sua carreira ao realizar a volta mais rápida da corrida. No entanto, este é um circuito claramente favorável ao piloto da Mercedes, que liderou todas as voltas menos uma desde que o Grande Prémio de França regressou ao calendário em 2018.

Sem argumentos para lutar pela vitória com os Mercedes, Charles Leclerc somou o seu terceiro pódio da temporada e igualou o melhor resultado da carreira com o terceiro posto.

 

O confortável quarto lugar de Max Verstappen significa que o holandês continua a sua sequência de resultados nos pontos em 2019, nunca tendo terminado fora dos cinco primeiros esta temporada.

Com o 10º lugar de Pierre Gasly em Paul Ricard, Verstappen não é batido por um colega de equipa em corrida desde o Mónaco em 2018.

Para além de ter realizado a sua melhor qualificação desde 2016, a McLaren terminou com ambos os carros nos pontos pela segunda vez em 2019.

O sexto lugar de Carlos Sainz fez com que a equipa vencesse a batalha do segundo pelotão e igualasse o seu melhor resultado do ano.

Embora tenha arrancado atrás de Antonio Giovinazzi, Kimi Raikkonen recuperou até sétimo e regressou aos pontos após uma sequência negativa que já durava por três corridas.

À oitava corrida da temporada, Robert Kubica superou George Russell pela primeira vez ao ser o melhor dos Williams, em 18º.

Clique para comentar

Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Últimas Notícias

Fundado em 2012, o F1PT surgiu com a missão de levar toda a informação sobre o mundo da Formula 1 aos portugueses e países de língua portuguesa.

Com o objetivo de sermos líderes na cobertura do pináculo do desporto motorizado, comprometemos-nos a apresentar o máximo de conteúdo disponível nunca sacrificando a qualidade do mesmo.

Disclaimer

F1PT is not affiliated with Formula 1, Formula One Management, Formula One Administration, Formula One Licensing BV, Formula One World Championship Ltd or any other organisation or entity associated with the official Formula One governing organisations or their shareholders.

Copyrighted material used under Fair Use/Fair Comment.

Facebook

Copyright © 2017 F1PT.

Topo