Formula 1

Os números do primeiro teste de pré-temporada em Barcelona

Depois de quatro dias de testes de pré-temporada em Barcelona, vale a pena olhar para os números e tentar perceber quem se destacou no arranque de uma nova era da Fórmula 1.

Quem foi mais rápido?

Relativamente aos tempos por volta, Mercedes e Ferrari estiveram claramente no topo, com os pilotos destas equipas a ocuparem as quatro primeiras posições. Não muito atrás ficaram a Red Bull e a Renault, com apenas dois segundos a cobrirem as restantes equipas.

Quem foi mais longe?

O facto de a Mercedes ter sido a equipa que mais quilómetros completou no primeiro teste de Barcelona não foi uma surpresa. Os campeões em título sentiram-se tão à vontade com o W08 que até realizaram uma simulação de corrida no segundo dia do seu novo monolugar em pista. No entanto, a Ferrari não ficou muito longe, completando os quatro dias sem qualquer problema no SF70H. Atrás da Scuderia ficaram as restantes equipas que utilizam motores Ferrari, a Sauber e a Haas. No fundo da tabela ficaram Williams, McLaren e Toro Rosso, que não conseguiram ultrapassar a marca dos 1000 quilómetros.

Velocidade em linha reta

Os tempos por volta são o melhor indicador do desempenho dos monolugares, mas é sempre interessante descobrir quem é mais rápido à passagem na reta do traçado espanhol. A Sauber liderou nesse aspeto, com as equipas com motores Ferrari a ocuparem três das quatro primeiras posições.

Desempenho das unidades de potência

Os motores Ferrari – instalados no Sauber, no Haas, e no próprio monolugar da Scuderia – foram os que acumularam mais quilómetros no decorrer dos quatro dias de testes. Seguiu-se a Mercedes, que também fornece os seus motores à Force India e à Williams. Os três carros com motores Renault – o R.S.17, o RB13 e o STR12 – sofreram alguns problemas e ficaram atrás dos seus adversários. Na última posição ficou a Honda, que através da McLaren completou apenas 208 voltas.

Desempenho dos pneus

É um pouco cedo para tirar conclusões concretas sobre o desempenho dos pneus de 2017 da Pirelli, até porque o ultramacio e o duro fizeram poucas aparições em pista em Espanha. Ainda assim, as primeiras indicações sugerem que as diferenças entre os três tipos mais rápidos de borracha podem ser menores, com pouco mais de dois décimos a separarem o tempo de Bottas com ultramacios do tempo de Vettel com macios.


Clique para comentar

Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Últimas Notícias

Fundado em 2012, o F1PT surgiu com a missão de levar toda a informação sobre o mundo da Formula 1 aos portugueses e países de língua portuguesa.

Com o objetivo de sermos líderes na cobertura do pináculo do desporto motorizado, comprometemos-nos a apresentar o máximo de conteúdo disponível nunca sacrificando a qualidade do mesmo.

Disclaimer

F1PT is not affiliated with Formula 1, Formula One Management, Formula One Administration, Formula One Licensing BV, Formula One World Championship Ltd or any other organisation or entity associated with the official Formula One governing organisations or their shareholders.

Copyrighted material used under Fair Use/Fair Comment.

Facebook

Copyright © 2017 F1PT.

Topo
Download Premium Magento Themes Free | download premium wordpress themes free | giay nam dep | giay luoi nam | giay nam cong so | giay cao got nu | giay the thao nu