Fórmula 1

Raikkonen: “Podíamos ter sido mais rápidos se quiséssemos”

Kimi Raikkonen diz que os tempos por volta “não significam nada” em Barcelona e que só na Austrália será possível avaliar o desempenho das equipas.

O finlandês foi o mais rápido no último dia de testes e ficou a 39 milésimos do recorde da pista, que foi ontem estabelecido pelo seu colega de equipa Sebastian Vettel.

“Estou certo de que podíamos ter sido mais rápidos se quiséssemos, mas isso não significa nada aqui”, disse Raikkonen. “Dentro de duas semanas todos saberão onde cada equipa está.”

“Até lá só estamos a tentar adivinhar, tal como aconteceu antes dos testes começarem.”

Raikkonen desvalorizou a importância dos testes de pré-temporada mas destacou a fiabilidade do SF71H em Barcelona.

“Claro que a primeira semana de testes não foi muito boa por causa do tempo, mas penso que tivemos um bom último dia.”

“O feeling foi bom. Mas se é suficientemente bom, veremos dentro de algumas semanas. Para já o carro é fiável.”

“Os testes não são a principal razão pela qual estamos aqui”, acrescentou. “Estamos aqui para competir.”

Clique para comentar

Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Últimas Notícias

Fundado em 2012, o F1PT surgiu com a missão de levar toda a informação sobre o mundo da Formula 1 aos portugueses e países de língua portuguesa.

Com o objetivo de sermos líderes na cobertura do pináculo do desporto motorizado, comprometemos-nos a apresentar o máximo de conteúdo disponível nunca sacrificando a qualidade do mesmo.

Disclaimer

F1PT is not affiliated with Formula 1, Formula One Management, Formula One Administration, Formula One Licensing BV, Formula One World Championship Ltd or any other organisation or entity associated with the official Formula One governing organisations or their shareholders.

Copyrighted material used under Fair Use/Fair Comment.

Facebook

Copyright © 2017 F1PT.

Topo