Fórmula 1

Verstappen vence corrida alucinante, Vettel recupera até 2º e Kvyat dá pódio à Toro Rosso

Max Verstappen conquistou o segundo triunfo do ano numa imprevisível e entusiasmante corrida que terminou com uma recuperação impressionante de Sebastian Vettel, com o segundo pódio da história da Toro Rosso e com os Mercedes fora dos pontos em Hockenheim.

O holandês da Red Bull arrancou da segunda posição e esteve sempre na luta pelas primeiras posições, apesar de um mau arranque e de um pião sob condições adversas na Alemanha.

Sebastian Vettel realizou uma corrida praticamente isenta de erros e tirou partido dos problemas alheios para recuperar de último a segundo, num dia que terminou com um sabor agridoce para a Ferrari.

Daniil Kvyat também efetuou um Grande Prémio exímio e sem qualquer deslize para garantir o terceiro pódio da carreira e o segundo na história da Toro Rosso na Fórmula 1.

Lance Stroll foi outro dos pilotos que acertou na estratégia e ficou muito perto de alcançar o segundo pódio da carreira, levando ainda assim o Racing Point a um impressionante quarto posto.

Carlos Sainz chegou a estar fora de pista mas recuperou e ainda sonhou em dar um pódio à McLaren, mas não resistiu ao ataque de Vettel nem conseguiu superar Stroll, ficando por isso num ainda positivo quinto posto.

Sobrevivendo a um toque com Pierre Gasly que acabou por resultar no abandono do francês da Red Bull, Alexander Albon cruzou a linha de meta em sexto e colocou o segundo no Toro Rosso nos pontos, ainda que o seu incidente esteja sob escrutínio por parte dos comissários.

Kimi Raikkonen também escapou a alguns sustos e saídas de pista para ser sétimo com o Alfa Romeo, enquanto Antonio Giovinazzi obteve o seu melhor resultado na Fórmula 1 ao levar o outro C38 ao oitavo posto.

Os Haas de Romain Grosjean e Kevin Magnussen completaram os dez primeiros apesar de terem protagonizado mais uma colisão no final da corrida.

Os pilotos da Mercedes pareciam estar em condições de terminar no pódio mesmo depois de Lewis Hamilton ter saído de pista e ter passado por um verdadeiro calvário nas boxes, mas uma nova paragem em que teve de cumprir cinco segundos de penalização atirou-o para fora dos pontos, com uma segunda incursão pela escapatória a condicionar ainda mais as suas aspirações de um bom resultado.

Valtteri Bottas parecia estar em posição de roubar preciosos pontos a Hamilton mas também perdeu o controlo do seu Mercedes quando lutava pelo pódio e juntou-se à lista dos pilotos que abandonaram.

Outro dos pilotos que ainda sonhou com o pódio foi Nico Hulkenberg, que também deitou tudo a perder na última curva, assim como o Ferrari de Charles Leclerc, que a certo ponto era o mais rápido em pista e desafiava a liderança de Verstappen.

Classificação do Grande Prémio da Alemanha

Clique para comentar

Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Últimas Notícias

Fundado em 2012, o F1PT surgiu com a missão de levar toda a informação sobre o mundo da Formula 1 aos portugueses e países de língua portuguesa.

Com o objetivo de sermos líderes na cobertura do pináculo do desporto motorizado, comprometemos-nos a apresentar o máximo de conteúdo disponível nunca sacrificando a qualidade do mesmo.

Disclaimer

F1PT is not affiliated with Formula 1, Formula One Management, Formula One Administration, Formula One Licensing BV, Formula One World Championship Ltd or any other organisation or entity associated with the official Formula One governing organisations or their shareholders.

Copyrighted material used under Fair Use/Fair Comment.

Facebook

Copyright © 2017 F1PT.

Topo