Fórmula 1

Leclerc admite “erro claro” na colisão que “arruinou” a corrida de Verstappen em Suzuka

Charles Leclerc admite ter arruinado a corrida de Max Verstappen e diz que é o único responsável pela colisão entre ambos no início do Grande Prémio do Japão.

O piloto da Ferrari partiu da primeira linha mas fez um mau arranque e rapidamente caiu para a terceira posição.

Enquanto se defendia do Red Bull de Verstappen, que o tentava ultrapassar por fora, Leclerc perdeu a frente do seu carro e não evitou um toque que acabou por causar o abandono do holandês e prejudicar a sua própria corrida.

“Tive um mau arranque, distraí-me um pouco”, disse Leclerc. “Vi o Seb a mexer-se um pouco e o meu tempo de reação foi muito mau.”

“Depois disso, o arranque nem foi mau, mas a reação foi muito má e cometi um erro claro com o Max. Foi um erro meu na primeira curva que arruinou a corrida do Max e nos colocou em má posição para as restantes voltas.”

“Eu estava por dentro, atrás do Seb e do Lewis, e perdi um pouco a frente, mas normalmente precisas de antecipar essas coisas, e eu não o fiz. Sou o culpado.”

Clique para comentar

Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Últimas Notícias

Fundado em 2012, o F1PT surgiu com a missão de levar toda a informação sobre o mundo da Formula 1 aos portugueses e países de língua portuguesa.

Com o objetivo de sermos líderes na cobertura do pináculo do desporto motorizado, comprometemos-nos a apresentar o máximo de conteúdo disponível nunca sacrificando a qualidade do mesmo.

Disclaimer

F1PT is not affiliated with Formula 1, Formula One Management, Formula One Administration, Formula One Licensing BV, Formula One World Championship Ltd or any other organisation or entity associated with the official Formula One governing organisations or their shareholders.

Copyrighted material used under Fair Use/Fair Comment.

Facebook

Copyright © 2017 F1PT.

Topo