Fórmula 1

Vettel atribui favoritismo à Mercedes após qualificação “surpreendente” em Melbourne

Sebastian Vettel diz que não esperava que a Ferrari estivesse tão longe da Mercedes em qualificação e admite que o SF90 não está a transmitir sensações tão boas como nos testes de Barcelona. 

Considerada por muitos a favorita em solo australiano, a Ferrari foi batida pela Mercedes e viu a equipa campeã em título alcançar uma dobradinha na qualificação.

“Estou certamente surpreendido”, começou por dizer Vettel. “Penso que toda a gente está, provavelmente até eles próprios.”

“Penso que ontem não tivemos um bom dia e hoje senti que fomos um pouco melhores, mas em termos de diferença e ritmo foi muito similar.”

Apesar de considerar que a Mercedes é a favorita para vencer a corrida de amanhã, Vettel garante que irá lutar até à bandeira de xadrez em Melbourne.

“É claro que sim”, respondeu o alemão quando lhe perguntaram se a vitória era possível. “No ano passado tivemos alguma sorte, mas a corrida só termina com a bandeira de xadrez.”

“Penso que temos um bom carro e estamos em boa forma. Obviamente a Mercedes é a clara favorita depois do resultado de hoje. Mas estamos aqui para correr, caso contrário seria bastante aborrecido.”

Questionado sobre as razões que levaram a Ferrari a perder sete décimos para a Mercedes, Vettel disse: “Penso que foi um pouco de tudo.”

“Penso que a velocidade em reta não é um problema e somos muito competitivos nesse aspeto, mas estamos a perder nas curvas.”

“Ainda não encontrei o equilíbrio que gostaria de ter, especialmente nas partes mais lentas, e não tenho a confiança necessária nesta pista acidentada.”

O vencedor do Grande Prémio da Austrália do ano passado admite ainda que o Ferrari SF90 não está a comportar-se da mesma forma face aos testes de pré-temporada em Barcelona.

“Temos provavelmente mais 10 ou 15 graus de temperatura ambiente, uma pista mais quente e um circuito diferente, por isso são condições distintas”, afirmou.

“Mas senti que o carro estava bom nos testes e ainda não voltei a sentir isso este fim de semana.”

Clique para comentar

Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Últimas Notícias

Fundado em 2012, o F1PT surgiu com a missão de levar toda a informação sobre o mundo da Formula 1 aos portugueses e países de língua portuguesa.

Com o objetivo de sermos líderes na cobertura do pináculo do desporto motorizado, comprometemos-nos a apresentar o máximo de conteúdo disponível nunca sacrificando a qualidade do mesmo.

Disclaimer

F1PT is not affiliated with Formula 1, Formula One Management, Formula One Administration, Formula One Licensing BV, Formula One World Championship Ltd or any other organisation or entity associated with the official Formula One governing organisations or their shareholders.

Copyrighted material used under Fair Use/Fair Comment.

Facebook

Copyright © 2017 F1PT.

Topo