Fórmula 1

Alonso: “Há novos desafios ao virar da esquina”

Depois de anunciar que não competirá na Fórmula 1 em 2019, Fernando Alonso diz ter sentido que este é o momento para “explorar novas aventuras” mas não descarta a possibilidade de regressar quando a McLaren se tornar mais forte e competitiva.

O piloto de 37 anos anunciou hoje que se despedirá da Fórmula 1 no Grande Prémio de Abu Dhabi após 17 temporadas, mais de 300 Grandes Prémios e dois títulos de campeão do mundo.

“Depois de 17 maravilhosos anos neste fantástico desporto, é altura de fazer uma mudança e seguir em frente”, começou por dizer Alonso. “Aproveitei todos os minutos destas incríveis temporadas e não posso deixar de agradecer a todos os que contribuíram para que estas fossem tão especiais.”

“Há ainda alguns Grandes Prémios por cumprir até ao final da temporada, e eu participarei neles com mais empenho e paixão do que nunca.”

Apesar de não ter revelado os seus planos para a temporada de 2019, Alonso deverá ir em busca da tão desejada Triple Crown e possivelmente conciliar as provas do Campeonato do Mundo de Resistência com uma temporada completa na Indycar.

“Veremos o que traz o futuro. Há novos desafios ao virar da esquina. Estou a viver um dos momentos mais felizes da minha vida mas preciso de explorar novas aventuras.”

O espanhol confirmou ainda que este pode não se tratar de um adeus em definitivo à Fórmula 1, já que acredita que a McLaren conseguirá dar a volta à situação em que se encontra e regressar ao topo da modalidade.

“Quero agradecer a todos na McLaren”, acrescentou. “O meu coração estará para sempre ligado a esta equipa. Sei que irão regressar mais fortes e melhores no futuro e esse pode ser o momento certo para eu voltar.”

“Tomei esta decisão há alguns meses e de uma forma firme. Ainda assim, gostaria de agradecer sinceramente ao Chase Carey e à Liberty Media pelos esforços que fizeram para que eu mudasse de ideias e a todos os que me contactaram entretanto.”

“Por fim, gostaria também de agradecer aos meus ex-colegas de equipa, aos meus atuais colegas de equipa e de profissão, aos meus parceiros, aos jornalistas e a todos com quem trabalhei durante a minha carreira na Fórmula 1. E, especialmente, aos meus fãs em todo o mundo. Tenho a certeza que os nossos caminhos se voltarão a cruzar no futuro.”

Clique para comentar

Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Últimas Notícias

Fundado em 2012, o F1PT surgiu com a missão de levar toda a informação sobre o mundo da Formula 1 aos portugueses e países de língua portuguesa.

Com o objetivo de sermos líderes na cobertura do pináculo do desporto motorizado, comprometemos-nos a apresentar o máximo de conteúdo disponível nunca sacrificando a qualidade do mesmo.

Disclaimer

F1PT is not affiliated with Formula 1, Formula One Management, Formula One Administration, Formula One Licensing BV, Formula One World Championship Ltd or any other organisation or entity associated with the official Formula One governing organisations or their shareholders.

Copyrighted material used under Fair Use/Fair Comment.

Facebook

Copyright © 2017 F1PT.

Topo