Fórmula 1

Hamilton optou por não se defender perante os comissários no Brasil

Lewis Hamilton recusou a oportunidade de defender o seu ponto de vista relativamente ao incidente com Alex Albon e facilitou a decisão dos comissários desportivos no Brasil.

O hexacampeão do mundo envolveu-se numa colisão com o piloto da Red Bull e admitiu o erro logo após o final da corrida.

Ron Meadows, diretor desportivo da Mercedes, assumiu o lugar de Hamilton na reunião com o diretor de corrida Michael Masi e facilitou a decisão dos comissários em Interlagos.

Hamilton ainda subiu ao pódio mas viria a cair para sétimo com uma penalização que promoveu Carlos Sainz ao terceiro lugar.

“Eles iam fazer uma investigação pós-corrida e convocaram os dois pilotos, mas a equipa admitiu a infração”, disse Masi. “Eles disseram ‘não precisam de nos convocar, o Lewis admitiu’, e foi isso.”

“Houve uma investigação, mas quando tens uma equipa que aparece a dizer que cometeu um erro, as coisas tornam-se bastante mais simples.”

Clique para comentar

Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Últimas Notícias

Fundado em 2012, o F1PT surgiu com a missão de levar toda a informação sobre o mundo da Formula 1 aos portugueses e países de língua portuguesa.

Com o objetivo de sermos líderes na cobertura do pináculo do desporto motorizado, comprometemos-nos a apresentar o máximo de conteúdo disponível nunca sacrificando a qualidade do mesmo.

Disclaimer

F1PT is not affiliated with Formula 1, Formula One Management, Formula One Administration, Formula One Licensing BV, Formula One World Championship Ltd or any other organisation or entity associated with the official Formula One governing organisations or their shareholders.

Copyrighted material used under Fair Use/Fair Comment.

Facebook

Copyright © 2017 F1PT.

Topo